segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Tudo (quase) novo.

Postado por Islla Lopes às 18:57

Mudar de cidade e começar do (praticamento) zero para mim não é novidade. Sabemos que é a mesma cidade de três anos atrás e que não tem muita coisa nova, permanecem aqui os mesmos estabelecimentos, amizades, casas e colégios. Mas algo novo aconteceu, quatro meninas apareceram e estão me fazendo tão bem. Mas algo ainda aqui é diferente, não sei se esse seria meu interior que está acostumado a vir e voltar tão rápido ou se realmente eu ainda não sei como será morar a muitos quilômetros de distância de algumas pessoas e do barulho do mar.
Faz uma semana que estou de volta, a rotina mudou um pouco, alguns costumes, hábitos, mas isso será relevante. Mas algo que está a me machucar profundamente é a parte II do pior sentimento do mundo: A perda! Sentimentozinho vagabundo que insiste em me fazer derramar lágrimas quentes que queimam o coração. Amigos, escola, (parte) família, lugares e o mar! A saudade é um bichinho que rói e dói – como diz a música que traduz toda essa dor horrível de querer acordar em outro lugar e poder abraçar quem se ama.

1 comentários:

Natália disse...

Acredite que tudo isso faz parte do que está escrito pra ti, do teu destino. Saudade é ruim mesmo, mas pensa que tem as férias, talvez visitar... Beijo

 

What you want? Template by Ipietoon Blogger Template | Gift Idea