segunda-feira, 9 de maio de 2011

Incompreensível.

Postado por Islla Lopes às 14:35

Dar risada da dor dos outros é fácil. Quero ver se todas as pessoas com esse bom humor suportariam tudo que realmente acontece. “Só falta você começar a se cortar... do jeito que gosta de sangue.” Cortes são formas de aliviar outra dor, esquecendo da dor provocada pelos cortes. Ninguém gosta de sangue, ninguém se interessa por lágrimas, nenhuma pessoa gosta de ver imagens fortes e sentir vontade de poder aliviar toda a dor do seu próprio coração. Suicídio? Sim, eu já pensei em suicídio, mas sei que tenho muita coisa pra viver, e que essas “dores” com todo o sorriso que a sociedade enxerga, vai passar. Do meu jeito, da minha maneira. Vendo imagens fortes, vendo jovens dar fim em suas vidas com possíveis oportunidades. Deixa-me chorar, deixa-me reclamar. Todos têm motivos, problemas, não importa o tamanho do problema, mas temos.

E falta de respeito é a uma das maiores causadoras desses problemas. Respeite a dor do próximo, você não sabe como eles iram cessá-la.

2 comentários:

Kim Sousa disse...

É, tenho lembranças chatas de uma guria que tinha esse hábito de cortar o braço para esquecer dores que ela insistia em guardar...

Acho que explodir é a melhor forma... pq guardar sempre causa péssimos danos ao fígado...

Ahaha... Adorei a foto da guria de "A órfã"

Islla Lopes disse...

É, também conheço algumas pessoas com esses hábitos, e serão marcas que ficarão pra sempre...

 

What you want? Template by Ipietoon Blogger Template | Gift Idea